Turma da bleia
Compartilhar Post
20
Jun
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Um professor perguntou a um dos seus alunos do curso de Direito:

– Se você quiser dar a Tício uma laranja, o que deverá dizer?
O estudante respondeu:
– Aqui está, Tício, uma laranja para você.
O professor gritou, furioso:
– Não! Não! Pense como um Profissional do Direito!
O estudante respondeu:
– Ok, então eu diria o seguinte:
Eu, por meio desta, dou e concedo a você, Tício de tal, CPF e RG, e somente a você, a propriedade plena e exclusiva, inclusive benefícios futuros, direitos, reivindicações e outras indicações, títulos, obrigações e vantagens no que concerne agrave; fruta denominada laranja em questão, juntamente com sua casca, sumo, polpa e sementes, transferindo-lhe todos os direitos e vantagens necessários para espremer, morder, cortar, congelar, triturar, descascar com a mão ou com a utilização de quaisquer objetos e, de outra forma, comer, tomar ou, de qualquer forma, ingerir a referida laranja, ou comê-la com ou sem casca, sumo, polpa ou sementes, e qualquer decisão contrária, passada ou futura, em qualquer petição, ou petições, ou em instrumentos de qualquer natureza ou tipo, fica assim sem nenhum efeito no mundo cítrico e jurídico, valendo este ato entre as partes, seus herdeiros e sucessores, em caráter irrevogável e irretratável, declarando Tício que o aceita em todos os seus termos e conhece perfeitamente o sabor da laranja, não se aplicando ao caso o disposto no Código do Consumidor.
E o professor então comenta:
– Melhorou bastante, mas não seja tão sucinto, tão resumido, procure fundamentar mais.

fonte:muito boa recebi por email



Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
16
Jun
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Uma tartaruga de 75 anos disputando território com um filhote de cachorro..

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
14
Jun
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

IURD e o McEvangelho!

A unidade da Vila Mariana da Igreja Universal do Reino de Deus tem uma novidade desde abril: o drive-thru da oração. Como em uma lanchonete, você entra com seu carro, recebe a bênção do pastor e continua seu caminho [depois de pagar o dízimo, é claro].
A técnica já era usada em uma unidade da Universal de Houston, no Texas. Desde 2006 o pastor Renato Cardoso usa o método. “Aqui em Houston pouco se vê pessoas nas ruas, só carros, então tivemos essa ideia”, conta o pastor.
O motorista entra e recebe um folheto com os horários das missas, uma apresentação da igreja e informações sobre reuniões. Em seguida conta ao pastor o problema que está passando, recebe a oração, libera o pagamento da igreja e segue seu rumo.
Osvaldo Volpini é o pastor responsável pelo trabalho em São Paulo. “Nós percebemos que durante o tráfego intenso, os carros ficavam parados na frente da igreja, então, colocamos faixas sinalizando o ‘Drive-Thru’ e os motoristas começaram a entrar para receber orações”, explicou ao site da Igreja Universal.
Você acha que essa moda de fast-church vai pegar? Se pelo menos protegesse os motoristas dos acidentes de trânsito ou dos assaltos…

Virgula/Notícias Cristãs

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
09
Jun
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
05
Jun
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Incrivel o que esse luthier conseguiu fazer apenas com palitos de sorvetes pena que não consegui ouvir um som deste violão que é uma lenda, para poder comentar aqui mas a aparência dele ficou muito boa confira passo a passo como foi feito.

Continue Lendo »

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
05
Jun
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

O  porche desse cara ficou com uma aparência muito boa confira como ele foi feito passo a passo.

Continue Lendo »

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
  • Enquete

    Você dá o dizimo ?

    View Results

    Loading ... Loading ...
  • Links TecnoGospel

  • ASSINE NOSSO FEED

    Receba as atualizações do site diretas em seu email, assine nosso feed:
  • SIGA-NOS NAS REDES
    Turma da bleia
    © Todos os direitos reservados 2014 - Turma da bleia