Turma da bleia
Compartilhar Post
01
Mar
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

O estudo de temas que abarcam a adoração deve conduzir a um estilo de vida que abarca o homem em todo seu ser: corpo, alma e vontade (Dt 6.5). A adoração bíblica englobará tanto os elementos da alma, como os do corpo. Por isso, pode-se dizer que a adoração é uma experiência tanto do interior como do exterior do homem; o que se declara com o coração se materializa com atitudes. De fato, são encontrados muitos textos bíblicos que falam da adoração ligada aos sentimentos de busca de santidade e do amor a Deus (interior), bem como do serviço religioso e a vida de comunhão com os irmãos (externo). Essa ligação, em muitos textos da Escritura, será feita com os sentidos humanos.

Porventura, não são os sentidos do homem a visão, audição, paladar, olfato e tato? Sim, são esses. O homem faz contato com o mundo material através de seus sentidos. Ele vê tudo aquilo que reflete luz; ele ouve tudo o que possui vibrações, aquilo que seus tímpanos humanos podem capitar; ele discerne tudo que é doce ou salgado pelo paladar; ele reconhece um bom ou mal perfume com o olfato; enfim, ele toca as coisas e diferencia a matéria. Em não sendo diferente tal manifestação com a adoração bíblica, pode-se perguntar: qual a ligação dos sentidos humanos com a adoração nas Escrituras Sagradas?

1) VENDO A DEUS (Jo 1.18; Is 6.1; 1 Jo 3.6) Continue Lendo »

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
26
Aug
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

images

Algumas pessoas, objetos ou momentos têm muito significado para nós. O que dizer daquele presente especial, gesto marcante e momento únicos?! Esses têm significado por serem presentes, gestos, momentos ou situações que, de alguma forma, nos fazem reagir emocional (coração), física (corpo) e espiritualmente (alma). Assim, o cristão pode ter a convicção real de Alguém que o marcou profundamente: Deus, na pessoa do Senhor Jesus. Por termos a marca de Cristo (como nós costumamos cantar) manifestada a nós pelo Espírito Santo, acabamos por reagir a ela emocional (coração), física (corpo) e espiritualmente (alma) na adoração. Por isso, a adoração é repleta de significado para a vida do cristão. Todavia, o que é esta adoração tão maravilhosa e significativa em nossas vidas? Vejamos duas definições fundamentais:

1) ADORAÇÃO É UMA DECLARAÇÃO, NÃO UMA SENSAÇÃO:

Mas, por quê adoração não é uma sensação? Basicamente por ser a sensação uma grande impressão devido a um acontecimento raro. Seria rara a sensação da presença de Deus quando nós o adoramos? Creio que não, pois é no processo de adoração que Deus comunica sua presença aos homens. É por isso que a adoração é uma declaração, isto é, através dela declaramos que o Senhor reina, sua graça é manifesta e está presente em todos nós, como costumamos declarar. Na adoração falamos de nossa fé, nossas convicções. Na adoração declaramos a Glória de Deus.

2) ADORAÇÃO É UMA REAÇÃO, NÃO UM CLIMA:

Um “clima” pode ser definido como aqueles conjunto de caracteres de um determinado ambiente. Pense assim: se alguém desejar e estiver preparada para tanto, pode-se criar uma atmosfera propícia para que as pessoas chorem e se lamentem exacerbadamente, sem, contudo, acontecer mudanças genuínas em suas vidas. Na verdade toca-se o coração, mas não a alma; se atinge os sentidos (como veremos em outro post) e não a razão. Toca-se apenas parte do ser humano. Outrossim, a adoração é uma reação ao entendimento (razão e emoção juntas) do ser de Deus, ou seja, adoramos ao Senhor pelo o que Ele é, pelo o que fez, faz e fará em nós. Em suma, adoramos a Deus porque entendemos que só Ele é digno de ser adorado emocional e racionalmente.

Agora reflita comigo:

1) Nas igrejas cristãs hodiernas, o que mais se vê na adoração: declaração ou sensação?

2) Entre as igrejas contemporâneas, o que é mais perceptível na adoração: reação ou clima?

Pense nisto.

Post Colaboração : Rev. Ângelo Vieira da Silva http://revavds.blogspot.com.br/

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
01
Jun
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

O dia 21 de Janeiro de cada ano é o Dia Mundial da Religião. Do grego threskeia e do latim religare, o termo designa a ligação do homem com seu “Deus”. Aparentemente, desde sua criação em 1949 por uma assembléia da religião persa Bahá’í, o objetivo seria a unidade entre todas as religiões do mundo. Beiraria a utopia esta aspiração? Creio que sim.

A maioria das religiões chama para si a verdade e são fontes de muitos conflitos políticos, éticos, morais, filosóficos, dentre outros. Entre elas a verdade se torna extremamente relativa, ponto que é exacerbado em nosso tempo. Se as tradições e textos sagrados das religiões ditam a fé em cada sistema é fácil compreender que a maioria dos princípios religiosos serão desiguais entre si; haverá óbvias divergências entre a Bíblia, o Rig-Veda, a Tradição Romana, a Torá, o Alcorão, o Livro dos Espíritos, os Vedas (como o Mahabharata), o Zend Avesta, etc… Poucos serão os preceitos comuns.

criacao_adao2

Neste texto, entretanto, pretendo não criticar essa ou aquela religião, apesar de crer e ter uma cosmovisão protestante reformada. Sim, é difícil falar de religião neste escopo, mas arriscarei, uma vez que a reflexão sobre o papel das religiões no mundo é abundantemente atraente neste dia. Sugiro como palavra-chave desta meditação o RESPEITO. Continue Lendo »

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
19
May
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

“O que fazer quando nos sentimos frustrados?” A resposta a essa questão e muitas outras você encontra no blog CapituloUm.com.br – O evangelho de Cristo sendo propagado através de mensagens simples em forma de video e que nos levam à reflexão. Confira o último video “Invisível”:

Continue Lendo »

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
19
May
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Meditemos: pode o cristão protestante participar das comemorações alusivas à festa junina? Bem, creio que uma pessoa cristã protestante não deve participar das chamadas festas juninas ou “festa dos santos populares”.

Este último nome exprime tudo. A partir do ensino das Escrituras Sagradas os cristãos protestantes não celebram, homenageiam, louvam, cultuam, exaltam ou adoram seus conservos (Cl 4.7), mas unicamente a Deus. Nem mesmo anjos merecem esse tipo de veneração (Ap 19.10; Ap 22.9). Esta comemoração é cristã romana e não envolve o protestantismo. É celebrada por católicos romanos e não por cristãos protestantes. É cultura? Sim, porém, romanizada. A mistura, o sincretismo religioso, é perigoso e danoso.

festa-junina

Comemorada em muitas partes do mundo, tal festa aparentemente pagã foi cristianizada na Idade Média aplicada a São João, por isso, Festa de São João (festejado em 24/06). O conceito cristão romano incorporou ainda São Pedro, São Paulo (ambos celebrados em 29/06, festa litúrgica também chamada “Solenidade dos Santos Pedro e Paulo”) e Santo Antônio (comemorado em 13/06).

A veneração de santos é parte fundamental da teologia católica romana. Protestantes não veneram ou preiteiam santos. Fogem da idolatria disfarçada de homenagem. Seguem os mandamentos de Deus em Ex 20.3-5: “Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque eu sou o SENHOR, teu Deus, Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem”. Continue Lendo »

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
19
May
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

“bom gente, esse é um vídeo meu, um programa, pra ser mais claro,espero que vcs gostem, se inscrevam no meu canal e fique por dentro das coisas!!! ” palavras do autor do vídeo.

Enviado por Gabriel Peixoto

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
  • Enquete

    Você dá o dizimo ?

    View Results

    Loading ... Loading ...
  • Links TecnoGospel

  • ASSINE NOSSO FEED

    Receba as atualizações do site diretas em seu email, assine nosso feed:
  • SIGA-NOS NAS REDES
    Turma da bleia
    © Todos os direitos reservados 2014 - Turma da bleia