Turma da bleia
Compartilhar Post
24
Apr
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Já imaginou o que aconteceria se tratássemos a nossa Bíblia do jeito

que tratamos o nosso celular?
E se sempre carregássemos a nossa Bíblia no bolso ou na bolsa?
E se déssemos uma olhada nela várias vezes ao dia?
E se voltássemos para apanhá-la quando a esquecemos em casa, no escritório… ?
E se a usássemos para enviar mensagens aos nossos amigos?
E se a tratássemos como se não pudéssemos viver sem ela?
E se a déssemos de presente às crianças?
E se a usássemos quando viajamos?
E se lançássemos mão dela em caso de emergência?

Ao contrário do celular, a Bíblia não fica sem sinal. Ela ‘pega’ em
qualquer lugar.
Não é preciso se preocupar com a falta de crédito porque Jesus já
pagou a conta e os créditos não têm fim.
E o melhor de tudo: não cai a ligação e a carga da bateria é para toda a vida.
‘Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está
perto’! (Is 55:6)*

Pare e Pense como está sua vida cristã?

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
22
Apr
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Depois de Friday, de Rebecca Black ter se tornado uma das músicas de maior sucesso da história do Youtube, centenas de paródias surgiram usando a mesma melodia. Esta é mais uma delas.

vi no: pavablog

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
22
Apr
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Coleção de pequenos manuscritos em metal pode alterar a história bíblica.

A coleção encontrada há 5 anos em uma caverna na Jordânia é composta por 70 livros, com 5 a 15 páginas cada, feitos de chumbo e amarrados com arame que podem desvendar alguns dos segredos primórdios do cristianismo. Os cientistas ainda estão cautelosos quanto à autenticidade dos livros, mas acreditam que as imagens, os símbolos e as palavras contidas nas páginas com dimensões similares as de um cartão de crédito possam conter informações sobre os últimos anos de vida de Jesus.

Testes iniciais foram realizados com base na corrosão do metal, característica que os especialistas acreditam ser impossível de se criar artificialmente. Os resultados demonstram que os livros podem datar do primeiro século depois de Cristo. Caso estas hipóteses sejam confirmadas esses livros estariam entre os primeiros registros cristãos; seriam anteriores aos manuscritos de São Paulo.

Os documentos estão atualmente sob posse de um israelense e este fato gera algumas tensões na comunidade cientifica que não faz idéia do destino que este cidadão pode dar a documentos com tanto valor histórico e religioso. Para Sr. Elkington, líder britânico do movimento que defende a devolução dos manuscritos a Jordânia, afirma que é crucial a recuperação destes materiais intactos, visto que estes livros podem representar a maior descoberta arqueológica sobre o cristianismo.

fonte:  jornalciencia.com

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
21
Apr
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

A galinha falou em linguas e o galo interpretou e o Pr Paulo Roberto foi curado é este o tema a qual o Pr Wellington se expressou neste video, situação meio embaraçosa por ser fato exótico.

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
20
Apr
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Em junho, a Assembleia de Deus no Brasil completará cem anos. E a revista GeraçãoJC não poderia ficar de fora das comemorações: a próxima edição  trará a história do centenário ilustrada em quadrinhos!

Produzida pelo artista gráfico Will Ferreira, e pelo roteirista Lucas Ricardo, ambos de 27 anos, o trabalho é resultado de extensa pesquisa textual e iconográfica para desenvolvimento de cenários, personagens e roteirização.

Segundo Will, o maior desafio foi compreender os personagens:”Fizemos uma pesquisa bastante ampla com a colaboração do Centro de Estudos do Movimento Pentecostal para entendermos o comportamento e o temperamento dos dois missionários. O objetivo era atingir o máximo de fidelidade aos personagens. Só então iniciamos o trabalho gráfico”.

Na história, que terá como título Belém Verde-Amarela, os leitores poderão ver, pelos olhos de Gunnar Vingren, o impacto causado pelo grande desafio missionário proposto à jovem dupla de missionários suecos.

“Além de muita pequisa, esta obra foi fruto de muito suor e lágrimas aos pés do Senhor Jesus. Devemos a Ele toda a inspiração para concluir as páginas da HQ do Centenário da AD no Brasil. Agradeço à editora da revista, Eveline Ventura, pela credibilidade e confiança neste projeto. A atuação dela foi fundamental para o bom andamento de Belém Verde-Amarela; do planejamento à execução”, conclui Lucas Ricardo.

Fonte: CPAD News

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Compartilhar Post
19
Apr
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
Mesmo sendo uma data muito popular, a Páscoa ainda deixa muitas pessoas em dúvida. Muitos ainda não compreendem de onde ela surgiu e o seu real significado. Com a forte apelação do comércio as pessoas confundem-se mais ainda. Não é raro vermos pessoas respondendo que Páscoa são ovos de chocolate ou um feriado católico.

A Páscoa tem o seu início no Antigo Testamento. O povo de Israel vivia como escravo do povo egípcio já há 400 anos. A Bíblia diz que Deus ouviu a oração daquele povo que vivia oprimido: “… os filhos de Israel gemiam sob a servidão e por causa dela clamaram, e o seu clamor subiu a Deus. Ouvindo Deus o seu gemido, lembrou-se da sua aliança com Abraão, com Isaque e com Jacó.” (Ex 2. 23-24)

Deus resolveu libertá-los e para isso convocou Moisés para liderar esse movimento. O Faraó, líder máximo do Egito, não quis deixar o povo de Israel sair em liberdade, por isso, Deus enviou inicialmente nove pragas. Mesmo sendo castigado por essas pragas o faraó se recusou deixar o povo israelita ir embora rumo à liberdade. Foi então que Deus preparou a décima praga. Essa praga era a morte dos primogênitos (filho mais velho). Só não morreriam aqueles que cumprissem algumas ordens dadas por Deus.
Dentre as várias exigências de Deus, a principal era separar um cordeiro ou um cabrito de um ano e sem defeito (Êxodo 12. 3, 5). Esse animal deveria ser morto num dia determinado e o seu sangue passado nos batentes das portas (Êxodo 12. 3, 5). Quando Deus viesse para matar os primogênitos, vendo o sangue nos batentes, não mataria ninguém daquela casa. Onde não tivesse o sangue do animal, o primogênito morreria. Aquele sangue (e a obediência à voz de Deus, é claro) era a garantia de vida e libertação daquelas pessoas.
A décima praga acontece e todos os primogênitos do Egito morrem inclusive o filho do faraó. Ele, então, deixa o povo ir embora. É aqui que começa a Páscoa. O povo foi liberto da escravidão pela mão poderosa de Deus! O ritual realizado na primeira Páscoa, que é descrito em Êxodo 12.1-20, deveria, então, a partir daquele momento, ser observado todos os anos pelas próximas gerações. E foi assim que aconteceu.
Em Êxodo 12. 27 está a explicação que deveria ser dada quando os filhos daquelas pessoas perguntassem o que eram aqueles rituais simbólicos feitos na Páscoa. Veja: “Respondereis: É o sacrifício da Páscoa ao SENHOR, que passou por cima das casas dos filhos de Israel no Egito, quando feriu os egípcios e livrou as nossas casas.” (Ex 12. 27)

Essa comemoração seguiu até os tempos de Jesus Cristo, que deu a ela um significado ainda mais marcante e profundo.
Após Jesus, a Páscoa mudou sua forma, mas não seu significado. Jesus, através de Seu sangue, nos libertou da escravidão do pecado. E esse sangue foi derramado na Sua morte lá na cruz em sacrifício. Jesus é como aquele cordeiro que ofereceu o seu sangue para que aquele povo, que vivia como escravo vivesse e fosse totalmente livre. Pelo sangue de Jesus vivemos a liberdade. Ele foi o sacrifício que nos trouxe vida e libertação da condenação e da escravidão do pecado.
A Páscoa cristã comemora, então, o sacrifício e a ressurreição de Jesus Cristo. Jesus é o nosso Cordeiro pascal (1 Co 5. 7). Ele nos propiciou a liberdade através de Seu sangue e da Sua vitória na cruz. Essa é uma comemoração a ser lembrada todos os dias e não somente na Páscoa!
http://guiadicas.net/fotos/2009/02/precos-do-ovo-de-pascoa-2009.jpg
Chocolate, festa, feriado, tudo isso têm o seu lugar, mas esse lugar não deve tomar o lugar do verdadeiro propósito da nossa comemoração! Celebre Jesus! Celebre a sua liberdade!

Continue Lendo »

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
  • Enquete

    Você dá o dizimo ?

    View Results

    Loading ... Loading ...
  • Links TecnoGospel

  • ASSINE NOSSO FEED

    Receba as atualizações do site diretas em seu email, assine nosso feed:
  • SIGA-NOS NAS REDES
    Turma da bleia
    © Todos os direitos reservados 2014 - Turma da bleia