Turma da bleia
Compartilhar Post

Como evangelizar?

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Post enviado por Adeilton

duvida
Há muitos que empreende esta gloriosa obra espiritual, sem a menor percepção dos fundamentos bíblicos para proclamar o evangelho de Jesus Cristo. Alguns se apoiam no seu testemunho de vida com Deus, sua experiência na salvação, milagres, prodígios, expulsão de demônios.
O que muitos precisam aprender é que: o evangelho (boas novas) é de Jesus Cristo. Ele nos ordenou a fazer esta obra em nome dEle e para Ele, a glória não é dos homens. O primeiro princípio é conhecer o salvador e a sua mensagem de salvação. A falta de conhecimento da Bíblia Sagrada tem condicionado muitos cristãos a realizarem um modo evangelizar infrutífero nas maiorias das igrejas. Isso se dá pelo despreparo dos “missionários” que de bom coração desejam e fazem alguma obra para o seu Mestre.
Jesus disse: Ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda criatura. (Mc 16.15).
Para o bem entendedor, o Mestre quer que anunciemos o evangelho de paz e salvação, de modo puro, sem mistura ou jeitinho ludibriante de se conquistar pessoas com palavras doces e carinhosas (que neste caso não é necessário). A obra vicária de Jesus é poderosa, de tal forma que venceu o inferno e o constituiu Senhor dos vivos e dos mortos.

“E nos mandou pregar ao povo, e testificar que ele é o que por Deus foi constituído juiz dos vivos e dos mortos” (At 10.42).
A palavra de Deus é poderosa para convencer o mais viu pecador e torna-lo fiel seguidor do maior Mestre na história humana. Isso é possível especialmente com a intervenção do Espírito Santo (o Consolador).
“E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça, e do juízo;” (Jo 16.8).
É bom sermos “canal”, “instrumento” de Deus, para que a glória dEle se manifeste em nós e o mundo seja atraído para o Reino da Luz.
Veja alguns procedimentos básicos para ser um eficiente evangelizador:
1 – Mostrando que todos somos pecadores.
“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Rm 3.23)
“Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós” (1 Jo 1.10).

2 – Advertindo da necessidade de um Salvador.
“Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece” (Jo 3.36).
“Como escaparemos nós se não atentarmos para uma tão grande salvação” (Hb 2.3).
3 – Apresentando o sacrifício de Jesus Cristo feito em benefício dos pecadores.
“Levando ele mesmo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça…” (1 Pe 2.24).
“Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus” (2 Co 5.21).
4 – Conscientizando que a rejeição de Jesus leva a condenação.
“quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado. Porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.” (Jo 3.18).
5 – Convidando para a oportunidade de ser salvo: que é agora.
“… eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação” ( 2 Co 6.2).
Não desfaleça as suas forças no trabalho de evangelização, mesmo que os indivíduos não reconheçam a urgente necessidade de aceitar a Jesus como único salvador; tenha a certeza de que o seu trabalho foi feito em obediência ao seu Deus. A nossa responsabilidade é proclamar e proclamar! Aos que tem ouvidos que ouçam! Que aceite ou não, somos mensageiros, ou melhor, embaixador do maior Rei do universo: O El shaday.
“Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente” (Hb 13.8).

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
SIGA-NOS NAS REDES
Turma da bleia
© Todos os direitos reservados 2014 - Turma da bleia