Turma da bleia
Compartilhar Post

Natanael Búfalo é condenado a 43,6 anos

Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!

Acabou o júri popular de Natanael Búfalo.

Ele foi considerado culpado – pelos jurados-  por todos os  crimes relatados  no processo:  estupro, homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, vilipêndio (fez sexo com o cadáver da menina, sobre o capô do carro, antes de botar fogo no corpo) e fraude processual.

Foi condenado a 43,6 anos (mais 15 dias)  de cadeia pelo juiz Cláudio Camargo dos Santos.

Como ele ainda tem 7 anos para cumprir pelo estupro de uma menina de 15 anos em Castelo Branco, vai morrer na cadeia antes de pagar pelo que fez. Ninguém chega aos 80 anos de idade numa penitenciária. Ele está com 43 anos hoje.

ATUALIZADO – Falando agora pouco ao repórter André Almenara, na Rádio Cultura AM, a mãe de Márcia Constantino, dona Nerli, diz que a justiça foi feita. O pai dela — Marcos Constantino — disse está aliviado, mas achou que a pena foi pouca. O promotor do caso, Edson Cemensati, também ficou satisfeito com a condenação. Parabenizou os jurados.

ATUALIZADO – Exclusivo – O advogado Wilian Oliveira acaba de confirmar que recoerrá da sentença. Ele diz que discorda dos critérios utilizados pelo juiz para sentenciar seu cliente. “Vou ingressar com pedido de redução de pena”, disse o advogado, que também aproveitará a nomeação para pedir uma revisão criminal no processo que condenou Búfalo a 12 anos de reclusão pelo estupro e atentado violento ao pudor, em 2001, contra uma adolescente de 15 anos de idade residente em Presidente Castelo Branco. (Roberto Silva, em O Diário, que acompanhou tudo online, num trabalho jornalístico maravilhoso, juntamente com o Almenara, da Rádio Cultura AM).

Por: Edson Lima

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Smile
GOSTOU?
COMPARTILHE NAS REDES!
  • Enquete

    Você dá o dizimo ?

    View Results

    Loading ... Loading ...
  • Links TecnoGospel

  • ASSINE NOSSO FEED

    Receba as atualizações do site diretas em seu email, assine nosso feed:
  • SIGA-NOS NAS REDES
    Turma da bleia
    © Todos os direitos reservados 2014 - Turma da bleia